Projeto Recreio Melhor

Tamanho da letra

Parte 1
Iniciamos o mês de agosto elegendo os representantes que irão atuar ao longo do 2º semestre, e que teriam entre outras atribuições a função de conduzir o projeto “Recreio Melhor”. A eleição já é por si só um processo bastante mobilizador. A classe se depara com várias questões: Os representantes que atuaram ao longo do 1º semestre podem se reeleger? A classe acha importante ter um menino e uma menina como representantes ou este ponto é indiferente? O que vale em uma campanha para a eleição de um representante? Cada uma das turmas teve autonomia para tomar as decisões mais adequadas às suas necessidades e responder a estas indagações.

Parte 2
Eleitos os representantes de classe, começamos a realizar o levantamento de sugestões de brincadeiras em cada uma das turmas. Este é um momento importante do projeto, pois as crianças identificam os limites do espaço, o tempo e a adequação das brincadeiras, os interesses comuns em detrimento do individual, enfim, é um exercício de debate e de tomada de decisões. Vale dizer que as crianças são bastante sensíveis a estas discussões e, com muita facilidade, são capazes de aderir ao objetivo de um projeto como este.

Parte 3
Cada uma das classes fez uma lista com várias brincadeiras, jogos e campeonatos. Os representantes dos 6os e 7os anos, em reunião geral, tinham a função de, considerando as sugestões relacionadas pelos colegas, escolher quatro modalidades viáveis no espaço escolar, além de estimular a participação dos alunos. Foram definidos os seguintes campeonatos: pingue-pongue, pular corda, corrida e detetive. Nesta mesma reunião, os representantes se dividiram entre as modalidades e ficaram responsabilizados por divulgar e organizar o campeonato em suas classes. As regras de cada um dos torneios, bem como um calendário, também seriam estabelecidas e divulgadas aos colegas.

Parte 4
Ao longo de duas semanas, 4 urnas ficaram distribuídas pelos corredores para que os alunos fizessem suas inscrições. Conversas de incentivo eram ouvidas em vários espaços, estimulando o colega a participar. A cada dia, as inscrições aumentavam e surgiam novas dúvidas: Só posso me inscrever se houver um trio para corda? Gostaria de participar só de uma modalidade de corrida. Como devo fazer? Posso fazer duas inscrições para o pingue-pongue, uma individual e uma em dupla?

Parte 5
Encerradas as inscrições, reunimos os representantes e os alunos em duas salas, discutimos as regras do nosso campeonato e abrimos as urnas para montarmos as chaves. Para combinarmos as regras do pingue-pongue, convidamos a professora Flor, que contribuiu, com sua experiência nessa modalidade, para decidirmos a adequação de cada combinado. Obrigado por sua participação!!

Parte 6
Foi marcada uma nova reunião com os representantes para combinarmos a data de início do nosso campeonato. Cientes dos dias, horários e modalidades, os alunos se responsabilizaram pela divulgação nas salas e pela organização do material do torneio no horário do recreio. Nos dois andares do prédio da Visconde, combinamos que serão fixadas as regras, as chaves e as datas. Com informações sempre atualizadas e divulgadas no nosso painel, será possível acompanharmos o andamento do nosso campeonato. Boa sorte a todos!

Parte 7
O Campeonato mobilizou os alunos inscritos em todas as modalidades e também envolveu a torcida durante vários dias.

Para receber informações, em seu e-mail, sobre atualizações referentes ao Ensino Fundamental II no site da Móbile, inscreva-se no nosso RSS.

Área Exclusiva

Usuário   

Senha       

Agenda Cultural/Pedagógica e Esportiva

Escola Móbile

Educação Infantil: Rua Diogo Jácome, 818 - Tel: (11) 5536-4402  |  Ensino Fundamental e Médio: Rua Diogo Jácome, 848 - Tel: (11) 5536-4402