A magia do livro

25 de outubro de 2019


Em um tempo em que as nossas crianças têm cada vez mais acesso ao mundo digital, reafirmamos o nosso compromisso em proporcionar a elas magia ao segurar um objeto tão valioso: o livro.

Ao folheá-lo, despertamos a imaginação, a criatividade, a oralidade e o gosto pela leitura. Ao ouvir e ler histórias, compreendemos aspectos culturais, sociais e emocionais presentes em cada enredo, contribuindo para a construção de nossa identidade.

No Infantil 2, valorizamos momentos de contação de histórias e de manuseio de livros, pois compreendemos a importância desses hábitos para a formação de nossos alunos.

No início deste ano, principalmente durante a adaptação escolar, os enredos apresentados eram curtos, e as ilustrações, mais atrativas. Com o amadurecimento do grupo, as histórias se modificaram, e os enredos mais estruturados eram ouvidos com atenção. Como consequência disso, neste semestre iniciamos o Projeto Contos Maravilhosos, com o objetivo de ampliar o repertório de nossos alunos e introduzir histórias que exigem maior concentração do ouvinte.

Durante o projeto, desenvolvemos atividades que transitam entre todas as áreas do conhecimento, a fim de que possamos promover condições lúdicas para o aprendizado. Alguns exemplos dessas práticas são: brincar com uma bola de ouro e jogá-la em um poço, preparar e oferecer um banquete aos Músicos de Bremen ou, ainda, plantar feijões mágicos na expetativa de poder ir ao castelo do gigante. As professoras contam e recontam as histórias muitas vezes, utilizando diversos recursos; já as crianças as representam em momentos de brincadeiras, o que as ajuda a compreender a narrativa.

Para finalizar, promovemos duas atividades na Biblioteca Central da escola. Nossos alunos circularam entre os corredores repletos de livros e conheceram o funcionamento do local. Adriana Felicíssimo, coordenadora de projetos desse espaço, ainda contou duas histórias, O soldadinho de chumbo e Cachinhos dourados e os três ursos. Depois disso, as crianças manusearam diversos livros adequados à sua faixa etária, imitando atos de leitura das famílias e das professoras, que são ótimos modelos de leitores competentes. Ao final do primeiro encontro, nossos pequenos ainda escolheram um livro para levar emprestado para a sala de aula.

Para ilustrar um pouquinho do nosso trabalho, selecionamos algumas imagens das crianças na Biblioteca, nas quais vocês podem observar olhinhos brilhando frente a tanto encantamento.