Campeonato Interno – Móbile Integral

3 de julho de 2019


Com muita garra e entusiasmo, os alunos do 2º a 5º ano da Móbile Integral tiveram um dia repleto de emoções no último Campeonato Interno, realizado no Clube Helvetia e no Rancho Ranieri.

O dia começou cedo com um lanche bem completo para que não faltasse energia para o momento dos jogos. Em seguida, já no ginásio e organizados em equipes, as crianças materializaram a ideia de ter em seu grupo outros alunos que até então desconheciam. Aqui já reside um importante objetivo desse evento: promover a interação entre alunos de outras turmas e séries.

Com os times organizados e posicionados no local do jogo, soou o apito. Durante as jogadas, foi necessário coordenar o desejo pessoal (o que eu gostaria de fazer), o desejo do outro (aceitar o que meu colega deseja fazer), o que é melhor para o grupo (embora não queira fazer determinada jogada, preciso entender que coloco meu grupo em uma posição mais vantajosa se o fizer) e a regra do jogo (compreender, respeitar as regras e me responsabilizar pelas minhas ações). Passado o tempo do jogo, todo esse desafio se encerra com o apito do monitor indicando a vitória, a derrota ou o empate. Aqui, temos um outro importante tópico a trabalhar: o gerenciamento das emoções. Como aceitar que tudo que eu fiz não foi suficiente para vencer? Como entender que o meu time – que eu julgava ser “mais forte” que o adversário – perdeu a partida? É inevitável que, diante de tantos questionamentos para os quais os alunos não tinham resposta, direcionem a responsabilidade ao outro: “Não valeu!”; “O juiz não viu o que ele fez e deu ponto para eles!” Momentos como esses são extremamente férteis para a atuação dos educadores que, além de apoiar o gerenciamento das emoções, também auxiliam os alunos a entrar em contato com os erros, ajudando-os a reconhecer o que vale ser revisto para uma próxima jogada.

Além dos jogos previamente organizados, os alunos também contaram com momentos de brincadeiras livres em que bolas, bambolês, cordas e muita disposição entraram em ação para cada um se divertir à sua maneira.

O dia foi se delineando até receber seu contorno final com a apresentação da classificação das equipes e entrega das respectivas medalhas, quando novas e intensas emoções novamente precisaram ser gerenciadas – da enorme alegria da vitória à grande frustração por não ter sido a equipe vencedora.